Férias: o que fazer com as crianças em casa

13 de dezembro 2011

Dicas | 0 Comentário(s)

R7

Ainda que as famílias se organizem para viajar e aproveitar as férias em família, dificilmente os pais terão dois meses inteiros para dispor e curtir o período de recesso escolar com as crianças. Significa que, mais cedo ou mais tarde, os filhos estarão de férias e estarão em casa. Se não na casa dos pais, na dos avós, na dos tios ou na dos amigos. O que fazer, então, para entreter os filhos nessa época?

Quem mora em condomínio com diversos ítens de lazer, terá todos eles a seu favor: piscina, playground, brinquedoteca, lanhouse, salão de jogos etc. poderão ser desfrutados ao máximo pelos pequenos nessa época. Já para quem não conta com tanta infraestrutura, poderá compensá-la (e com grande vantagem) usando um tanto de criatividade: o síndico ou os próprios moradores podem organizar, entre dezembro e janeiro, alguns passeios externos para locais como parques, museus, zoológico e outros pontos turísticos da cidade.

Segurança e cuidado com as crianças nas férias

Durante o período de férias escolares, os condomínios residenciais precisam redobrar os cuidados com as crianças. A preocupação maior deve ser em relação a elevadores, garagem, escadaria, piscina, playground e áreas de acesso restrito, como caixas d´água e casa das máquinas.

Nas áreas comuns, algumas medidas são fundamentais:

– Não é recomendável que crianças menores de 10 anos andem sozinhas no elevador;

– O condomínio também deve proibir que as crianças brinquem nas escadas e na garagem;

– É importante manter a escadaria e as garagens com boa iluminação;

– Não deixar entulhos ou outros materiais nesses espaços.

Em relação ao playground ou brinquedotecas, a principal orientação é para que os brinquedos sejam regularmente vistoriados para verificar possíveis defeitos. Brinquedos móveis como gangorra e gira-gira merecem atenção redobrada. Crianças menores de cinco anos devem estar sempre acompanhadas por um responsável, que poderá socorrê-las imediatamente no caso de um acidente.

Na piscina, todo cuidado é pouco. As crianças nunca devem permanecer sozinhas nesses locais. O síndico deve orientar os funcionários a ligarem imediatamente para os pais dos menores que forem encontrados desacompanhados de adultos na piscina.

Nenhum comentário

    Deixe o seu comentário!

    2  +  4  =  

    ML, SUA ADMINISTRADORA DE VERDADE!

    CENTRO

    Praça Olavo Bilac, 28 – Gr. 1608

    (21) 3032-6400

    ILHA DO GOVERNADOR

    Estr. do Galeão, 994 – Gr. 220

    (21) 3195-2553

    SOLICITE UMA PROPOSTA