Queixa contra construtoras por Minha Casa, Minha Vida triplica

23 de novembro 2011

Notícias | 0 Comentário(s)

Folha

Disparou, nos últimos 12 meses, o número de queixas feitas no site Reclame Aqui contra construtoras que teriam vendido indevidamente imóveis pelo programa Minha Casa, Minha Vida, informa reportagem de Carolina Matos publicada na edição de sexta-feira da Folha.

Os registros contra as cinco empresas com o maior número de reclamações desse tipo, de acordo com o site –MRV, Goldfarb (comprada pela PDG), Tenda, Direcional e Altana–, triplicaram nos últimos 12 meses, saltando de 205 para 615.

Segundo as reclamações, as empresas negociaram imóveis na planta informando aos compradores que as unidades obedeciam aos critérios do Minha Casa, Minha Vida –como valor máximo.

Mas, na hora de abrir o financiamento, os consumidores descobriram que os imóveis não eram aprovados pela Caixa Econômica Federal.

Algumas dessas queixas virtuais resultaram em processos na Justiça.

OUTRO LADO

A Caixa Econômica Federal informou que o empreendimento Alphaview, da Goldfarb (comprada pela PDG), em Barueri (SP), não faz parte do programa do governo “porque o valor das unidades ultrapassa o previsto”.

Por e-mail, a PDG disse que o empreendimento tem “financiamento aprovado” com a Caixa –não citando o programa Minha Casa, Minha Vida– e que os clientes têm “linhas de crédito disponíveis na mesma instituição”.

A Direcional Engenharia afirmou que “todos os empreendimentos comercializados no Minha Casa, Minha Vida estão dentro do teto [de valor] permitido”.

A MRV Engenharia também disse que “só coloca à venda pelo programa habitacional do governo unidades que se enquadrem às regras”.

Nenhum comentário

    Deixe o seu comentário!

    3  +  6  =  

    ML, SUA ADMINISTRADORA DE VERDADE!

    CENTRO

    Praça Olavo Bilac, 28 – Gr. 1608

    (21) 3032-6400

    ILHA DO GOVERNADOR

    Estr. do Galeão, 994 – Gr. 220

    (21) 3195-2553

    SOLICITE UMA PROPOSTA