Deixe organizado o local de estudo dos filhos

4 de fevereiro 2013

Dicas | 0 Comentário(s)

O Dia

A volta às aulas se aproxima e não há melhor momento para arrumar o cantinho de estudos das crianças. A organização começa com o descarte de materiais e brinquedos antigos. “É preciso que os itens novos caibam nos espaços. Portanto, o ideal é guardar ou doar os brinquedos que estiverem nas prateleiras. Isso ajuda a não sobrecarregar a escrivaninha”, afirma Cintia Covre, personal organizer.

Espaço limpo e disponível, hora de planejar a arrumação. O principal objetivo deve ser valorizar o quesito praticidade – em especial nos itens usados no dia a dia. Elementos como nichos, caixas organizadoras, arquivos de plástico e até cabideiros podem ajudar a deixar tudo em ordem. O essencial é que tais locais permitam boa visualização dos materiais e sejam de fácil acesso (lembre-se de que os itens devem estar na altura da criança). A estante é outro móvel que também melhora a organização, mas apresenta controvérsias, já que ocupa muito espaço e pode ser substituída por prateleiras. Independente de sua escolha, guarde na parte de cima os itens que não serão usados com frequência, como coleções de livros, DVDs e jogos de tabuleiro.

Separar os materiais de maneira correta é o segredo para encontrá-los mais facilmente quando necessário. Agrupar de acordo com o tipo ou o dia da semana em que o uso costuma ocorrer são algumas das possibilidades de organização. Deixar sobre a mesa de estudos apenas o que for necessário no dia a dia – como porta-canetas e bloco de anotações – é outra forma simples de acabar com a bagunça.

Um erro comum da maioria das arrumações, segundo o arquiteto Leonardo Junqueira, é guardar os materiais em locais fechados. “As pessoas querem esconder a bagunça, ou impedir o acúmulo de sujeira quando recorrem a gavetas e armários. Mas não percebem que dificultando o acesso, tornam os guardados esquecidos e inúteis”, diz. Uma boa ideia para impedir tamanho ostracismo é buscar a vantagem da setorização. Provas em uma gaveta e itens eletrônicos em outra, por exemplo, funciona bastante, mas quando bem identificados.

“Evitar o acúmulo desnecessário também ajuda a eliminar a desordem, assim como deixar os itens sempre no mesmo lugar favorece a memorização”, afirma o arquiteto.

Instalar painéis magnéticos próximos à área de trabalho é mais um recurso que facilita os estudos e permite aumentar a ordem do local. Quanto aos móveis, nada melhor do que posicionar a bancada ou mesa de estudos em um espaço perto da janela, valorizando a iluminação natural, e preferir cadeiras com rodízios e regulagem de altura. “Posicione a mesa de costas para a porta, de modo a evitar que a circulação de pessoas atrapalhe a concentração do estudante”, diz Junqueira.

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!

4  +  3  =  

ML, SUA ADMINISTRADORA DE VERDADE!

CENTRO

Praça Olavo Bilac, 28 – Gr. 1608

(21) 3032-6400

ILHA DO GOVERNADOR

Estr. do Galeão, 994 – Gr. 220

(21) 3032-6400

SOLICITE UMA PROPOSTA