Apartamentos com vaga de garagem são até 23% mais caros, diz Secovi Rio

9 de fevereiro 2012

Notícias | 0 Comentário(s)

Extra

A garagem é um dos critérios mais importantes na hora de escolher um imóvel. Uma pesquisa feita em janeiro pelo Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio) — com 15 bairros das zonas Norte, Oeste e Sul — revelou que, no Centro, o item pode aumentar em até 23,8% o valor do metro quadrado de apartamentos com dois quartos para a venda.

Em janeiro, o valor do metro quadrado desse tipo de imóvel na região central do Rio, sem garagem, ficou em R$ 5.396,06. O metro quadrado de um com a vaga foi avaliado em R$ 6.678,59. O segundo lugar na valorizado foi do Méier (21,8%), seguido de Botafogo (20,3%). Os bairros que apresentaram menor variação de preço foram Ramos (7%), Ilha do Governador (3,1%) e Madureira (2,6%).

Perda de até 60%

Vice-presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi), Rubem Vasconcelos considera a garagem um item imprescindível:

— Não aconselho a compra de imóveis sem garagem. A desvalorização pode ser brutal, de até 60%. Quem já tem um sem o item, enfrenta muita dificuldade para se desfazer dele. A oferta é quase zero.

A falta de garagem pode causar transtornos aos moradores, que precisam disputar vagas na rua ou recorrer a estacionamentos particulares.

— Enfrento o mesmo problema todo dia, há sete anos. Pessoas de fora deixam o carro aqui na rua e os moradores não conseguem vaga — reclama o taxista Antônio Pedro, de 55 anos, morador do Bairro de Fátima, área incluída pela pesquisa na região Centro.

Preço varia até 28,6%

Na ausência de um imóvel que garanta vaga de garagem, muitos moradores se sentem inseguros de deixar o carro parado na rua — temendo furtos ou a depreciação do veículo — e acabam recorrendo a estacionamentos particulares. O preço do aluguel de vagas nesses estabelecimentos pode ultrapassar R$ 300 por mês.

Em Botafogo, na Zona Sul, a distorção no valor cobrado pelos estacionamentos é grande. Nem é preciso andar muito para encontrar diferenças significativas de preço. Na Rua Dona Mariana, um estacionamento particular próximo à Voluntários da Pátria cobra R$ 310 de mensalidade. Um pouco à frente, na mesma via, outro cobra R$ 241, uma variação de 28,6%.

Proprietários de apartamentos mais antigos, sem garagem, garantem ser mais vantajoso pagar por uma vaga particular do que se desfazer do imóvel ou arriscar deixar o carro na rua, mesmo que a mensalidade seja alta.

— O maior problema do Bairro de Fátima é a falta de vaga. Mas, há uns 15 anos, parei se sofrer. Alugo uma por R$ 200 num estacionamento próximo. Vale a pena — conta o representante de vendas Alberto Camillo, de 40 anos.

Nenhum comentário

    Deixe o seu comentário!

    77  +    =  82

    ML, SUA ADMINISTRADORA DE VERDADE!

    CENTRO

    Praça Olavo Bilac, 28 – Gr. 1608

    (21) 3032-6400

    ILHA DO GOVERNADOR

    Estr. do Galeão, 994 – Gr. 220

    (21) 3032-6400

    SOLICITE UMA PROPOSTA