Blog ML Imóveis » Entrevistas


Categoria: Entrevistas

Deixe um comentário (1)

A partir deste mês, a ML Imóveis estará disponibilizando uma séria de entrevistas com síndicos, funcionários dos condomínios, funcionários da ml e destaques do setor, oferecendo interatividade e opiniões diferentes sobre assuntos pertinentes ao ramo imobiliário e a vida de uma comunidade condominial.

A primeira entrevistada é a síndica Edna Paiva, do condomínio Bom Jardim.

1-Um problema aparentemente pequeno, porém muito frequente em condomínios, chegando a causar maiores discussões, é o barulho causado pelas gotas de ar condicionado. O condomínio Bom Jardim possui algum histórico de problemas relacionados a isto? Caso possua, como se deve proceder em casos como esse?

Edna: Os problemas com goteiras vêm se arrastando há anos aqui, e não consigo entender como não resolvemos.
Na minha casa, eu canalizo a água com uma borracha e as gotas de todos os aparelhos vão direto para o ralo do meu apartamento. O problema é que tive que quebrar a varanda, e nem todos estão dispostos a gastar dinheiro com obras.
Uma solução mais barata seria uma borracha de ar condicionado, que passa entre a moldura do aparelho e a parede, canalizando a água até uma garrafa pet.Existe ainda a opção do vaporizador, que também custa pouco e funciona perfeitamente.
Além do barulho, outro problema relacionado às goteiras se deve ao fato de que a rua fica em uma área de preservação ambiental, e a prefeitura exigiu que os aparelhos fossem colocados abaixo das janelas. Como o prédio é envidraçado, quando cai água do ar de algum apartamento molha a casa abaixo.
Este mês será realizada uma assembléia para definir uma multa às pessoas que não tomarem atitudes para melhorar essa situação.

2- E em relação à segurança, o condomínio Bom Jardim já teve algum problema? Quais os cuidados devem ser tomados para evitar que algum problema venha a ocorrer?

Edna: O Condomínio nunca teve problemas com segurança, mas começaram a aparecer muitos casos diferentes na rua,como quando o prédio ao lado teve a sua garagem assaltada.
Antes que o Bom Jardim tivesse algum tipo de problema com isso, eu contratei um segurança que toma conta do prédio todas as madrugadas, e os outros condomínios acabaram fazendo o mesmo.
Na portaria, contamos com porteiro 24 horas por dia, e sempre que alguém entra, qualquer prestador de serviços, por exemplo, é anotado em um livro o dia e horário, além do nome e aonde trabalha.
Quando é um morador que chega, mesmo tendo controle da porta da garagem, o funcionário sempre vai até o carro para verificar se está tudo bem.

3- E por último, o que a senhora acha a respeito de um investimento em treinamento dos funcionários do condomínio, buscando uma melhoria no atendimento e relacionamento com os moradores?

Edna: Eu acho muito bom.
Todos os funcionários do Bom Jardim já fizeram cursos da Secovi de portaria.
Qualquer funcionário recém-contratado é muito bem orientado, conhecendo primeiramente o cotidiano do condomínio e condôminos, e depois fazendo os cursos necessários.
Eu acredito que através dos cursos o funcionário sempre assimila alguma coisa, o que se torna mais difícil apenas na base das instruções e da conversa com o síndico.
Por isso, os cursos são uma exigência para se trabalhar no condomínio Bom Jardim.



Páginas (10):« Começo...678910