Blog ML Imóveis » O que você sabe sobre portarias remotas?

Categoria: Tecnologia | Deixe um comentário (2)

Você conhece a portaria remota? Com a crise, a inadimplência em alta e a necessidade de corte de gastos, essa tem sido uma alternativa encontrada pelos condomínios para manter a segurança, economizando dinheiro. Por isso, o post de hoje abordará esse assunto, como uma possibilidade a ser analisada pelos condôminos.

Primeiramente, para a implantação da portaria remota diversos critérios de segurança são avaliados (pelas empresas responsáveis) e, posteriormente, aprimorados, como, por exemplo, a instalação de câmeras de alta resolução e sistemas de comunicação mais modernos. Faz-se necessário esse investimento inicial, que pode variar de acordo com o porte e necessidades de cada condomínio.

Depois que o sistema tiver sido implantado, a economia estimada (em comparação com a mão de obra de porteiros) é de 50% no gasto mensal. Além dos custos mensais diminuírem, a segurança é, de fato, melhorada, já que haverá um profissional (à distância) especializado monitorando, por uma central, tudo o que acontece na portaria do prédio.

Esse controle feito por profissionais também tem a vantagem de que todas as ligações e imagens ficam gravadas, garantindo o total registro de entradas e saídas. Então, caso seja necessário, pode-se recorrer a esse recurso.

Já os moradores, para terem acesso ao condomínio caso estejam a pé, contam, normalmente, com a biometria digital. Os veículos, além de serem monitorados 24 horas pela central de controle, podem entrar no condomínio com controle remoto.

Caso o condômino passe por alguma situação de risco, ele pode acionar um botão de pânico, que é silencioso, alertando, imediatamente, a central de monitoramento, o que é mais um bônus na segurança.

Em relação aos visitantes do prédio, o que muda é que, ao chegar ao condomínio e tocar o interfone, quem faz o atendimento é o porteiro remoto, acompanhando, inclusive, as imagens das câmeras, diretamente da central. O condômino deve, então, autorizar (ou não) a entrada. E caso ele não esteja em casa, pode aprovar, através do celular, a entrada do visitante em questão.

Vale ressaltar que há a possibilidade de o condomínio optar pela portaria remota apenas no período noturno, caso queira manter um porteiro diurno. Também é importante evidenciar que, segundo estudos, o uso de portaria remota é funcional para prédios com até 80 apartamentos.

Bom, agora que você já conhece melhor essa solução, que tal debater com os outros condôminos e com o síndico sobre essa possibilidade, avaliando prós, contras e as necessidades específicas do seu condomínio?! Esperamos que tenha gostado da dica!



  • mirian miguel ferreira
    30 de setembro de 2016

    Muito bom o texto, entretanto, não ficou claro porque o sistema só é viável para prédio com até 80 condôminos, é possível explicar? Desde já agradeço.

  • Waldecy Filho
    30 de setembro de 2016

    Quais empresas no Rio de Janeiro prestam este serviço?

Logado como | Sair »

Nome (obrigatório)

Email (não será publicado) (obrigatório)

Sua mensagem: